Logo Prefeitura de Salvador

CadÚnico

O que é o CADÚNICO:
É um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o Governo Federal conheça o perfil socioeconômico da população. Nele, são registradas informações como: características do domicílio, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. Através da inscrição ou atualização dos dados no
Cadastro Único, o cidadão e sua a família terão acesso a vários benefícios sociais, que poderão ser disponibilizados, através dos governos municipal, estadual e federal. Essas informações proporcionam várias políticas públicas de assistência social, saúde, educação, emprego e renda. Cada programa tem uma exigência diferente, mas o primeiro passo é ter sempre seu cadastro atualizado.

Papel da Prefeitura:
Realizar o cadastramento, como também, a atualização cadastral (recadastramento) das famílias, além de ações de busca ativa para mapeamento das demandas em todos os bairros de Salvador, com a inclusão de novos cadastros.

Benefícios municipais cuja concessão é de responsabilidade da Prefeitura:
Auxílios moradia, emergencial, natalidade, viagem e funeral.

Como fazer o agendamento:
O cidadão deve agendar previamente o atendimento pelo aplicativo do Fala Salvador Cidadão, ou pelo site do agendamento https://horamarcada.salvador.ba.gov.br/HM/HM/ .
Nos 15 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) os atendimentos são exclusivos para assistidos referenciados destes equipamentos, por meio de agendamento realizado diretamente com a equipe da unidade.

Documentação necessária:
Documento original com foto contendo CPF do responsável familiar e de todos os integrantes que moram na mesma residência, além do comprovante de residência original.
Quais são os postos de atendimento:

  • Sede no Comércio;
  • 10 Prefeituras-Bairros (Centro/Brotas; Subúrbio/Ilhas; Cajazeiras; Itapuã; Cidade Baixa; Barra/Pituba; Liberdade; Cabula; Pau da lima e Valéria;
  • 15 CRAS (Ilha de Maré; Lagoa da Paixão; Lobato; Itapagipe; São Cristóvão; Fazenda Grande; Calabetão; Castelo Branco; CEASA / Cajazeiras; Bairro da Paz; Itapuã; Boca do Rio; Federação e Brotas). Os atendimentos são para os assistidos referenciados nos CRAS e demais cidadãos que residem nas áreas de abrangência destes equipamentos, os quais poderão entrar em contato com a unidade por telefone para agendamento, e não pelos canais digitais.
  • Unidade Cajazeiras
  • NUAR, no Comércio
  • Subúrbio 360, em Coutos.

Como funciona a atualização dos dados (recadastramento):
O cidadão, após efetivar o agendamento, com data e hora marcada, se desloca ao posto de atendimento e, munido da documentação necessária (documento original com foto contendo CPF de todos que moram juntos, além do comprovante de residência original), é atendido pelo entrevistador que vai atualizar os dados cadastrais. Prazo de dois anos para uma nova atualização.

Público-alvo:
Cidadãos que não estão inscritos no Cadastro Único e desejam se cadastrar pela primeira vez. Cidadãos que já possuem o cadastro e precisam realizar atualização de informações. Possuem renda mensal por pessoa de até meio salário mínimo; Possuem renda acima dessas, mas que estejam vinculadas ou querendo algum programa ou benefício que utilize o Cadastro Único em suas concessões. Programa Auxílio Brasil; Programa Tarifa Social de Energia Elétrica; Isenção de Taxas em Concursos Públicos; ID Jovem; Carteira do Idoso; Programa Casa Verde e Amarela; Programa Bolsa Verde.

Orientações Gerais :
Atenção:
Agendamento e horário de chegada – até 30 minutos antes do horário agendado, para melhor acomodação da população.

Skip to content